INTL FCStone eleva estimativa de produção de safrinha para 67 milhões de toneladas

A consultoria INTL FCStone elevou a sua projeção de produção de milho em segunda safra em 2016/17 para 67 milhões de toneladas, ante a previsão de 66 milhões de toneladas em julho. O ajuste ocorreu em virtude de um ajuste para cima na área plantada em Mato Grosso, incentivado pelos preços elevados do cereal observados no ano passado.

A previsão de produção total de milho passou a 98,68 milhões de toneladas, 1 milhão de toneladas acima do volume projetado no mês passado. A FCStone não alterou as estimativas da primeira safra. "A colheita da safrinha está avançando sem problemas, em meio ao clima seco que predomina no País há mais de um mês e vai consolidando a produção recorde", destacou a analista de mercado da FCStone, Ana Luiza Lodi.

Os estoques finais foram estimados pela FCStone em 23 milhões de toneladas. "Pelo lado do consumo, as exportações estão ganhando força, mas destaca-se que a competição no mercado exportador está bastante acirrada, com a entrada de uma safra recorde também na Argentina", disse Ana Luiza.

Fonte: Revista Globo Rural